27/03/2007

Surto

Raiva, ódio...
Vejo sangue em minha frente...
Por que as pessoas não podem deixar as outras em paz?
Por que têm que ficar tomando conta da vida dos outros e dizendo o que fazem ou o que deixam de fazer?
Putz meu isso me dá até dor de cabeça.
Meu vai tomar conta da tua vida, ou melhor, VAI TOMAR NO CÚ!
Senão tem nada de bom pra falar de min, então não diga nada, ou contrário dos outros que pensam falem bem ou mal mas falem de mim, eu não quero que falem de mim.
Falem de vocês mesmo, olhem para seus umbigos e saiam de cima de seus rabinhos macaquinhos...
Lembre-se que todos têm telhados de vidros, o meu pode estar a amostra, mas o seu um dia vai estar.

Que ódio...

19/03/2007

Brasil perde disputa sobre pneu recauchutado na OMC

Data Inclusão: 13/03/2007Autor: Agência Estado Fonte: Diário Comércio, Indústria & Serviços

Brasil perde disputa sobre pneu recauchutado na OMC

A União Européia (UE) venceu uma disputa contra o Brasil na Organização Mundial do Comércio (OMC) e terá de abrir o mercado nacional para pneus recauchutados. Estes produtos são considerados por ativistas como um impacto negativo para o meio ambiente. Depois de vencer vários contenciosos nos últimos meses, agora será a vez do Brasil ter de modificar suas leis diante do resultado do tribunal internacional. O governo, porém, deverá antes recorrer da decisão e levar o caso ao órgão de apelação da OMC, o que arrastará o caso por meses.A disputa foi aberta em 2005. O principal argumento europeu era de que o Brasil proibia de forma discriminatória a importação. Um dos argumentos brasileiros é que a medida tem razões ambientais, já que esse tipo de produto significaria um risco. Mas os europeus argumentam que, se esse fosse o motivo real da barreira, toda a venda de pneus desse tipo teria de ser proibida. Segundo uma lei brasileira de 2000, produtos usados não podem ser importados e, portanto, os pneus recauchutados estariam impedidos de ser vendidos por outros países ao mercado local.O Itamaraty chegou a apresentar uma proposta ao governo que poderia evitar uma disputa na OMC. A sugestão era autorizar a importação do produto europeu, mas elevar as tarifas a um nível que, na prática, impossibilitaria o comércio. Diante da elevação das tarifas, o Brasil teria de negociar uma concessão com os europeus em outro setor, mas ainda assim a saída era vista como forma positiva de evitar uma disputa e uma eventual derrota.A proposta, porém, não teria sido aceita pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, que pediu que os aspectos ambientais fossem levados em conta numa solução.Em Bruxelas, o processo foi iniciado com a queixa formal entregue à União Européia pela Associação Internacional de Vendedores e Recauchutadores de Pneus - que representa produtores de Portugal, Espanha, Suécia, Inglaterra, Itália e Dinamarca.Segundo os europeus, 2 milhões de pneus eram exportados ao Brasil até 2000. As empresas do bloco chegaram a controlar 25% do mercado nacional antes da promulgação da lei.

MAIS INFORMAÇÕES:
http://kplus.cosmo.com.br/materia.asp?co=41&rv=Vivencia
http://www.estadao.com.br/ultimas/economia/noticias/2007/mar/12/209.htm

ESTAMOS DE OLHO...

16/03/2007

Para ti Lady of Romenia...

eu serei o seu ultimo amante
o ultimo de uma grande fila,
meu amor
e paciente vou esperar a minha vez vou ser o ultimo a tocar a sua pele
a aproveitar de seus labios
labios que tantos outros ja passaram
vou ser o ultimo a dizer que te ama
e que vai viver pra sempre ao seu lado
depois de tantas promessa
seu vou ser o ultimo amante
rezando para que ainda sobre um pouco de você pra mim
e eu vou esperar o tempo que foreu posso envelhecer na fila de espera
como um doente esperando a cura
mas eu não me importo em ser o ultimo
meu amor vai resistir a todos eles
meu amor vai ultrapassar anos
decadas,pessoas!
eu vou ser o ultimo amante
sim eu vou te esperar
pois o ultimo sera o único!

Lord Perversão

Quero minha vida!

Quero minha vida!
Quero poder viver do jeito que quero e ter quem quiser como amigo, sem que meus pais fiquem se intrometendo.
Sei que nem tudo podemos ter, mas queria ter liberdade... Liberdade de ir e vir. Sempre dei satisfação de onde estava e o que estava fazendo, mas agora foi o limite...
Como posso ter alguém do meu lado se nem posso sair? Como posso crescer se nem liberdade de aprender tenho?
Quero minha vida, sem ninguém se intrometer, sem ninguém mandar nela, ou então... quero morrer.
Ir para um lugar onde enfim poderei ser livre, ir e vir sem ninguém me prendendo, sem ninguém me limitando, sem ninguém me dizendo o que fazer...
Por isso digo que vivo uma vida de máscaras, onde o que sou não posso mostrar, não posso ser quem sou, quem realmente sou.
A quem pergunta o que meus olhos escondem? Tristeza, hoje, amargura e rancor, solidão e vontade de partir.
Queria voar e ir o mais longe possível, ir onde ninguém possa me atormentar.

10/03/2007

Quero minha vida!

Quero minha vida!
Quero poder viver do jeito que quero e ter quem quiser como amigo, sem que meus pais fiquem se intrometendo.
Sei que nem tudo podemos ter, mas queria ter liberdade... Liberdade de ir e vir. Sempre dei satisfação de onde estava e o que estava fazendo, mas agora foi o limite...
Como posso ter alguém do meu lado se nem posso sair? Como posso crescer se nem liberdade de aprender tenho?
Quero minha vida, sem ninguém se intrometer, sem ninguém mandar nela, ou então... quero morrer.
Ir para um lugar onde enfim poderei ser livre, ir e vir sem ninguém me prendendo, sem ninguém me limitando, sem ninguém me dizendo o que fazer...
Por isso digo que vivo uma vida de máscaras, onde o que sou não posso mostrar, não posso ser quem sou, quem realmente sou.
A quem pergunta o que meus olhos escondem? Tristeza, hoje, amargura e rancor, solidão e vontade de partir.
Queria voar e ir o mais longe possível, ir onde ninguém possa me atormentar.

05/03/2007

CUIDADOS COM QUEM MEXE!

Não invada meus domínios
Não brinque com minhas crias
Caso contrário
Serei obrigada a utilizar minha sedução
Trazer-te para nosso lado
E dilacerar teu coração
Para que aprendas que nem com seres noturnos se brinca
Somos poucos ou muitos
Estamos em todos os lugares
Você nunca conseguirá escapar
Onde quer que você vá quando brincar conosco
Nós te encontraremos
Nós o seduziremos e o subjugares
Não somos nada
Mas somos o tudo
Somos seres noturnos
Unidos na amizade
E fortalecidos pela desilusão