10/03/2007

Quero minha vida!

Quero minha vida!
Quero poder viver do jeito que quero e ter quem quiser como amigo, sem que meus pais fiquem se intrometendo.
Sei que nem tudo podemos ter, mas queria ter liberdade... Liberdade de ir e vir. Sempre dei satisfação de onde estava e o que estava fazendo, mas agora foi o limite...
Como posso ter alguém do meu lado se nem posso sair? Como posso crescer se nem liberdade de aprender tenho?
Quero minha vida, sem ninguém se intrometer, sem ninguém mandar nela, ou então... quero morrer.
Ir para um lugar onde enfim poderei ser livre, ir e vir sem ninguém me prendendo, sem ninguém me limitando, sem ninguém me dizendo o que fazer...
Por isso digo que vivo uma vida de máscaras, onde o que sou não posso mostrar, não posso ser quem sou, quem realmente sou.
A quem pergunta o que meus olhos escondem? Tristeza, hoje, amargura e rancor, solidão e vontade de partir.
Queria voar e ir o mais longe possível, ir onde ninguém possa me atormentar.